Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

 

       Olá turminha boa de leitura, hoje vou comentar sobre um livro cercado de suspense e extremamente intrigante “Horror na Colina de Darrington” do autor Marcus Barcelos, publicado pela Faro Editorial.

 

       Essa é a primeira vez que tive contato com a escrita do autor e ele me conduziu por caminhos apavorantes com um enredo conspiratório que apresenta a ganância e o poder em suas últimas consequências tragando quem esteja à sua frente. Com um clima gótico, passeando entre o passado e presente consegui me transportar para esse cenário úmido e cruel, onde o terror clássico se fez presente em cada página.

 

 

   Para Benjamin Simons (o jovem Benny) ficar naquele orfanato seria bem melhor, pois nem sempre uma família com seus moldes tradicionais podem ser saudáveis, a sanidade e uma vida pacata podem estar ficando no passado para ele.  Um sorriso, um afago ou um mero convite pode ser um grande engano e embarcar, pode revelar horrores inconcebíveis para todos os sentidos.

 

   Aquela poderia ser apenas mais uma bela casa no alto da Colina Darrington, mas, um assassinato seguido de um suicídio manchou e contaminou o local. Isso tudo em New Hampshire um lugarejo próximo à cidade de South Hampton. Ali um jovem casal vivia em perfeita harmonia até que o comportamento deles mudaram e uma tragédia mexeu com a vida local. Brad assassinou sua esposa Linda e depois suicidou-se e uma das poucas palavras ditas antes de cometer tal loucura foi que “A Escuridão estava chegando. Eu posso ouvir seus cascos”. Esse poderia ser um caso terrível, corriqueiro em alguns centros, mas não ali. Acontece que uma força maligna ficou impregnada nos cantos daquela casa. O mal estava ali, aguardando o momento para fazer novas vítimas e enredar os novos ocupantes levando horror a quem se aproximasse.

 

 

   Os pais de Benny faleceram quando ainda era pequeno e desde então foi criado em um orfanato, tempos depois Romeo apareceu no orfanato informando que era seu tio, irmão de seu pai. Até aquele momento a única família que conhecia eram as pessoas do orfanato. Mesmo conhecendo o tio jamais quis morar com a família, mas sempre fazia visita para os seus tios e primas. Quando eles se mudaram para a Casa da Colina a vida de sua família estava boa, mas depois de um tempo o comportamento de sua tia Júlia mudou completamente, brigas tornaram-se frequentes na casa até que ela teve um sério problema de saúde e ficou em estado vegetativo recebendo os cuidados de Romeo, mas para ele ficava quase impossível conseguir administrar a casa e trabalhar, pois Carlinha tinha apenas 5 anos e precisava de alguém para cuidar dela, e Amanda a filha mais velha tinha viajado para estudar. Então, Benny resolveu ajudar o tio e mudou-se temporariamente para a casa para cuidar da prima caçula.

 

 

  Em uma madrugada ele acorda sobressaltado por um pesadelo e sai de seu quarto para tomar água e se recompor, quando encontra com sua prima sentada no chão, olhando para cima e rindo como se estivesse conversando com alguém. Quando ele pergunta o que ela estava fazendo ela diz que estava imitando uma moça que estava pendurada, mas ele não viu ninguém. Mas, quando ela começa a relatar como ela está e o que está fazendo, um arrepio percorre todo o seu corpo e o pior foi quando ela falou de um homem que estava ao lado de Benny, suas pernas bambearam e ele pode sentir uma respiração sepulcral em seu pescoço.   

 

   O que Benny não podia imaginar era que a escuridão tinha se apossado daquela casa e sua sanidade seria colocada em cheque e seus dias seriam assombrados e proteger sua prima será sua grande meta. Tudo estava meticulosamente planejado e o horror continuaria a fazer suas vítimas.

 

Ele teria que tomar cuidado e não permitir...que a escuridão os levasse!

 

Forte é aquele que consegue combater o ódio, sem ser afetado por ele!

 

 

Comentando...

 

  Um livro narrado em primeira pessoa, por um protagonista que pode estar lúcido ou não, com uma construção do enredo bem fluido e de bom entendimento. Muitas vezes temos que nos permitir e deixar a leitura fazer a sua parte, se entregar na leitura é sempre uma experiência gratificante. A leitura é rápida com apenas 142 páginas bem elaboradas. Gosto desse tipo de enredo que não enrola e que podemos chegar rapidamente a conclusão. Uma trama bem elaborada que me prendeu. Marcus Barcelos conseguiu me surpreender na condução desse enredo.

De início o livro já apresentou o que eu iria encontrar na trajetória da estória, informando que “Em alguns pesadelos,  acordar pode não ser uma opção…”, quando li essa chamada na capa do livro já imaginei que seria tenso e agonizante.

 

Essa é a segunda edição do livro que está maravilhosa. A capa é de muito bom gosto e sombria e as ilustrações empregadas são um show a parte.

       

Agora, quanto ao final me deixou apreensiva e com aquele suspense… maravilhoso, de que algo mais aterrorizador ainda está por vir. Fiquei com algumas indagações que tenho certeza que no próximo livro será esclarecido, pois a continuação “Dança da Escuridão” em breve lerei para elucidar.

 

Super-indico.

 

Informações gerais do livro

Horror na Colina de Darrington

Autor: Marcus Barcelos

Faro Editorial

Pag. 142

Ano: 2016

ISBN:978-85-62409-79-0

Gênero: Terror brasileiro / Ficção de Suspense

Preparação do texto: Tuca Faria

Capa e projeto gráfico: Osmane Garcia Filho

Imagens da capa: Roy Bishop/ Arcangel,

                          Kochneva Tetyana / Shutterstock

Ilustrações internas: Thomaz Magno

Tamanho da Fonte: Boa com espaçamentos adequados.

 

DIGA SIM A LITERATURA BRASILEIRA!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019