Mais que um Olhar

July 24, 2019

       Olá turminha boa de leitura, a resenha de hoje é de um drama romântico muito comovente, “Mais que um Olhar” escrita por Renata R. Corrêa, publicado pela Editora Coerência.

 

       Esta é daquelas histórias que nos convidam a grandes indagações sobre como encaramos e conduzimos nossa vida frente a possíveis mudanças e limitações. Um enredo carregado de motivação totalmente inspirador que apresenta a condição de uma pessoa que a partir de sua deficiência terá que se reinventar para reconstruir sua jornada.

 

      Do alto dos seus 23 anos Victória é uma jovem promissora que tem sonhos e anseios. Tem um trabalho estável, uma mãe companheira e um noivo que apesar de ocupado demasiadamente, a amava. Tudo parecia normal até aquela consulta na oftalmologista que a tirou do prumo, um banho de água fria. A notícia era demais assustadora, pois depois de alguns exames o diagnóstico foi duro, mas necessário em se dizer Vitória era portadora de uma doença ocular que a tornaria cega gradativamente em pouco tempo. Desnorteada acreditava que isso era seu fim, perder assim, repentinamente seu mais precioso sentido era aterrorizador. Procurou ainda outras opiniões mais todas levavam para o mesmo diagnóstico.

        Choque, medo, angustia e incerteza causaram uma ebulição em seus sentimentos.

Em um primeiro momento ela teve um tipo de luto por saber que a cegueira seria sua companheira, mas isso foi rápido. Ela não podia se aniquilar por essa que seria sua nova condição. Lutar com o desconhecido seria sua primeira etapa, então após receber apoio incondicional de sua mãe ela iniciou um processo de busca para entender melhor a doença e por entidades que cuidavam de portadores de deficiência visual. Assim, nessa busca ela se deparou com uma realidade contrária ao que ela pensava. Pessoas com limitações são capazes de exercer qualquer atividade e vivem felizes e realizados. Um pouco mais animada apesar de seu noivo acreditar que era muito cedo para que ela começasse a familiarizar-se com a doença, ela seguiu em seu objetivo e foi visitar uma ONG, mas o destino como sempre prega peças e Victória não imaginava que um novo capítulo de sua vida será escrito e somente ela será capaz de escreve-lo, pois perdas acontecerão e pessoas em lugares inesperados surgirão transformando aquilo que ela achava que estava no lugar.

 

 

Comentando...

 

       Um enredo comovente, narrado em primeira pessoa que trata da superação e da coragem mostrando que pessoas com limitações visuais conseguem ultrapassar as barreiras impostas quando se veem nessa nova condição e que basta se arriscar e ter a certeza de que ninguém está aprisionado no próprio corpo e que a cegueira interna não pode vencer a pessoa.

        O desenrolar da trama foi maravilhoso. Essa é uma estória que mexe bastante com o modo de encararmos a vida.

 

      Uma estória bem construída, com um ótimo cenário e a diagramação simples e perfeita, tudo feito com muita delicadeza.

 

Parabéns, Renata pela injeção de ânimo e de amor empregado nesse lindo trabalho.

 

Muitos veem, mas nem todos conseguem enxergar ou talvez seria; Muitos enxergam, mas nem todos conseguem ver?

Este pode ser o grande enigma do enredo!

 

 

Recomendo

 

Loja integrada:

https://ed-coerencia.lojaintegrada.com.br/mais-que-um-olhar

@editoracoerencia

 

Fale com autora:

https://www.facebook.com/renata.correa.399

@renata_rcorrea

 

Informações gerais

 

Mais que um Olhar

Autora Renata R. Corrêa

Editora Coerência

Pag. 203

Ano: 2019 – 1ª edição

ISBN: 978-85-5327-164-1

Preparação: Dandara Murad

Coordenação Editorial e Revisão: Bianca Gulim

Capa: Décio Gomes

Diagramação: Fabiana Mattos

Gênero: Literatura Nacional/ Romance /Drama

Tamanho da Fonte: Boa com espaçamentos adequados.

 

Vamos apoiar a literatura brasileira!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019