Momento Certo

September 17, 2018

 

      Olá turminha boa de leitura, hoje trago a resenha de um romance brasileiro, sendo o segundo livro da autora Vanessa Gramkow.  Este é um daqueles romances leves, que nos pega de surpresa e nos envolve. Se você prefere leituras rápidas, este livro será perfeito, com apenas 161 páginas, mas não pense que seja um romance tolo, pois não é! Ele traz em suas páginas muitos ensinamentos, assim como a aceitação das diferenças, o consumo sem limites de bebida alcoólica por jovens, o descobrir da primeira relação sexual e a relação e união familiar.

 

      Natacha tinha uma vida normal para uma jovem de 17 anos que gostava muito de música e até arriscava compor algumas letras, grandes amigos, uma mãe que amava. Tudo caminhava bem até sua mãe ser diagnosticada com um câncer severo e fatal, após o falecimento ela recebeu uma carta do advogado de sua mãe que revelava um segredo jamais compartilhado com Natacha, o de quem era seu pai. Até aquele momento a jovem nunca questionou pela paternidade, mas como ela era menor teria que ter um representante legal ou ser encaminhada para um abrigo até completar os dezoito anos.  Tudo muito duro para alguém que já não tinha mais uma vida   tranquila, mas ela teria que conviver com aquele homem desconhecido que simplesmente teve um envolvimento repentino com sua mãe em uma noite e partiu e que também até aquele momento não sabia da existência de Natacha. Acontece que ele tinha uma família bem estruturada e sólida.

 

      Após o falecimento de sua mãe Natacha iria encontrar com essas novas pessoas. Teria que ir morar com sua nova família no Rio Grande Sul, na cidade de Monte Belo do Sul e deixar em São Paulo a vida gostosa e agitada que tinha.

A convivência com sua mãe não tinha uma rotina por ser apenas as duas certos padrões não eram impostos e no fundo ela sentia falta de ter uma família de verdade. Agora, isso estava prestes a acontecer, pois ela iria morar com seu pai Maurício Belune um pastor e produtor de vinho no qual tinha conhecido no funeral de sua mãe, onde conversaram e acordaram que ela ficaria aos seus cuidados, a esposa dele, Vera e seus irmãos: Nicolas o mais velho, Carol, Isabela e Sofia a caçula.  Mas, ela já tinha decidido não esquentaria lugar, pois assim que completasse a maior idade ela retornaria para a capital paulista. Acontece que no aeroporto ela conheceu alguém que mudará o rumo de sua vida. Pedro, esse é o nome de um jovem médico que aprenderá junto com Natacha que existe um momento certo na vida que tem que se entregar ao chamado do coração e que tirar as próprias conclusões sem ouvir o outro lado pode mudar aquilo que poderia ser calmo e seguro.

      Será que Natacha terá uma família de verdade com regras e normas a serem cumpridas? Iria ela acostumar-se com esse novo modelo familiar? Seria esse o momento certo para mudanças?

 

Agora...

 

      Um enredo narrado em primeira pessoa com uma escrita leve, bem fluida de fácil leitura e compreensão, bem gostoso de ler que aborda vários temas, como o homossexualismo, a religião, sexo sem proteção e suas consequências, a doação de órgãos, perdão e o amor incondicional. Gostei bastante em ler uma estória com sotaque gaúcho até tinha a impressão de poder ouvi-los falar comigo, achei muito legal.  Algo que chamou muito minha atenção foi a forma leve que a protagonista foi levada a uma religião que ela não frequentava, pois não foi imposta e sim, conduzida com leveza e carinho. Nesse enredo podemos ver como muitas vezes chegamos armadas para certas situações e basta um olhar diferente, um sorriso ou um aperto no ombro que as armas caem por terra e que o amor familiar ultrapassa barreiras e nos sustenta e fortalece em qualquer situação, por mais difícil que possa parecer.  Algo que senti um pouco de falta foi não ter se aprofundado em alguns personagens, acredito que a estória ficaria mais rica, mas não que o enredo não tenha me agradado, pelo contrário, adorei a trama e o seu desenrolar. Tenho que pontuar também a diagramação que é muito delicada e primorosa. Um ótimo trabalho.

 

      Obrigada, Vanessa por ter me proporcionado uma leitura repleta de dicas para se levar para toda vida.

Parabéns!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Eu, recomendo!

 

Momento Certo

Vanessa Gramkow

Editora Ella

Gênero: Romance

Ano: 2018

ISBN: 978-85-8405-149-6

Revisão: Helem Bampi

Capa: Naty Pinho

Diagramação: Henrique Silveira

Páginas: 161

Tamanho da Fonte: Boa com espaçamentos adequados.

 

 

Vamos apoiar a literatura nacional!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019

June 26, 2019

Please reload

Arquivo