Criaturas do Submundo - Autores Diversos

July 6, 2016

 

Criaturas do Submundo

Autores: 16

Editora Wish

Pag.167

1ª edição – 2016

Capa: Marina Avila

Organização: Kamile Girão

Gênero: Ficção brasileira / Contos / Dark Fantasy

Fonte: Boa com espaçamentos adequados.

 Olá turminha boa de leitura, hoje vou comentar sobre o livro “Criaturas do Submundo”. Uma coletânea de contos Dark Fantasy com a participação de 16 autores. Aqui encontraremos 18 contos, e cada conto com sua particularidade.

Fui convidada anteriormente para falar sobre um conto em especial “O Anjo e o Leviatã” da minha autora e parceira Martha Ricas, mas como tenho uma queda pelas estórias do mundo sombrio, eis aqui minhas impressões sobre cada um, mas por se tratar de contos não explorei muito para não correr o risco de escrever demais e estragar o encanto assustador e incentiva-los a adquirir o livro. Esses contos irão encantar os admiradores da escuridão e do desconhecido e trazer para os leitores certa desconstrução daquilo que imaginavam sobre certas criaturas e posso dizer que são bem piores.

 

Antes de começar a pontuar as estórias não posso deixar de comentar sobre a capa que é de um bom gosto, é arrebatador! Esse cenário sombrio e com toque de névoa é louco e o que dizer dessa mulher central com seu vassalo inseparável, o corvo. Só pela apresentação da capa já dá vontade de pegar e desfolhar (aplausos)!

 

Agora quero convida-los a sentir as emoções fortes desse livro recheado de contos sombrios que vai mexer com a imaginação dos amantes do gênero e diante disso, Amanda Bistafa, Ana Carolina Jalles, Akoben, B.G.S Castro, Bruno Bianchi, Caian Marques, Eric Draven, Gabriela Leão, Ivan Y. Sikorski, Josy Santos, Martha Ricas, Michele Pereira, Raphael Miguel, Rebeca Gimenes, Rüya Majhul e Valquiria Vlad se reuniram para trazer a tona seus piores pesadelos!

 


1º conto é da Valquiria Vlad “O Bordado de Georgina”.

O casal, Edgard e Ivone compraram a sua tão desejada casa próxima a um castelo, só que não imaginavam que existia uma estória trágica envolvendo a família dona do castelo e apartir de uma noite ao ouvir uma música perturbadora é que a vida desse pacato casal mudaria completamente.

Eles conheceriam Victorio Vlad, uma criatura perigosa e sedutora que mostraria sua verdadeira face em um momento muito propício.

Leia você verá do que estou falando!

 


2º conto é da Gabriela Leão “Fuga”.

Você acredita que existem criaturas perambulando e caçando na madrugada?

Essa estória apresenta o sentido exato da ação fugir. Um jovem relata sua experiência ao voltar da faculdade no inicio da madrugada e assustou ao ver de longe um animal, ou melhor, era isso que ele imaginava, ir ao seu encontro aos galopes e claro que ele começou a correr e passar momentos de intenso medo e agonia.

O que ele não sabia era que apartir daquele momento seus dias, ou melhor, suas noites não seriam mais as mesmas!

Já imaginou no que vai dar não é mesmo?

 

 

3º conto é da Rebeca Gimenes “Akai Ito – O Fio Vermelho do Destino”.

Esse é um conto especial, fala sobre o destino e mostra, e também adverte que não adianta fugir, se esconder ou até mesmo ir contra o que está selado, pois o que está em seu destino irá se cumprir querendo ou não, mostrando a face do inesperado do predestinado.

        A experiência do amor virá, e quando isso acontecer você conseguirá ver quem estará do outro lado do fio e esse será seu por direito.

Nem as lágrimas irão mudar o que está designado!(aplausos)

 

 

4º conto é de Ivan Y. Sikorski “No Fundo do Quintal”.

Os seres assassinos e cruéis estão em busca de algo naquela noite.

        O que aquela família comum e tão feliz tinha que atraiu aquelas criaturas perversas e sedentas por sangue?

O chefe da família irá lutar e se deparar com cenas torturantes. (um dos meus favoritos. Surtei!)

 

 

5º conto é de Eric Draven “A Princesa Sombria”.

Essa é a estória de um rapaz que se apaixona por uma jovem enfeitiçada e apenas ele poderá salva-la da maldição pelo qual uma bruxa a impôs.

Seria um amor tão grande a ponto de fazê-lo correr todos os riscos?

Vamos parando por ai, porque é gostoso demais ler esse conto.



6º conto é da Amanda Bistafa “Destino de Sangue”.

Essa é a estória do amor entre dois seres diferentes e inimigos.

O amor entre uma vampira e um lobisomem, criaturas cruéis e sanguinárias e com um único objetivo, lutar pelo seu amor. Um enredo terno e sanguinário! (adoro)



7º conto é da Michelle Pereira “Sob o Deserto e o Sangue”.

Essa é uma estória que relata a verdade do homem que usa seu poder para enganar o outro usando a palavra de Deus.

E no momento crucial de sua vida ou seria pós-morte que ele receberá exatamente o que merece.

Espero que ninguém tenha piedade essa é uma palavra fora de questão. (choquei!)

 

 

8º Segundo conto de Ivan Y. Sikorski “A Caçada de Ester”.

Estamos em Ananuir, na Terra Sem Luz, onde um elfo de nome Enur está em missão: Exterminar Ester uma bruxa horrenda e cruel por ter sequestrado algumas crianças da região.

Nessa andança ele irá se deparar com seres mágicos e pérfidos.

Ao encontrar com a bruxa ele terá que ser esperto, pois o mal espreita e pode atacar a qualquer momento. Quem sairá vitorioso nesse embate? Existirá um vencedor? 

 



9º conto é de B. G. S Castro “O Onigumera”.

Um vilarejo pacato viu seu sossego dizimar e fazer com que seus moradores ficassem amedrontados, pois uma onda de profanações no cemitério estava mexendo com os nervos e a imaginação de todos.

Quem estaria por trás desses atos?

Em uma noite Brokk, resolveu engolir seu medo e tentar descobrir, o que ou quem estava por trás de tanta crueldade.

Mas, deverá se deparar com o seu destino!

 

 

10º conto é da Martha Ricas “O Anjo e o Leviatã”.

Ashira é uma Querubim que será colocada a prova, pois foi convocada para uma missão diferente.

Ela era dona de habilidades artísticas, curativas e dona de um grande poder de persuasão, mas a missão para qual foi designada era para mostrar a que veio; guerrear.

A Querubim foi incumbida de vir a terra para combater e eliminar um certo demônio que estava deixando um rastro de miséria e morte para um povo governado pela família Straufus.

Será que por trás de tanta crueldade e sadismo existe um pouco de sentimento e humanidade?

Essa é uma trama entre o bem e o mal, anjos e demônios que nos chama para a reflexão: Temos que pagar pelos erros dos outros? (um belo conto, um dos meus favoritos).

 

 

11º conto é da Josy Santos “Sereia Negra”.

        Sereia Negra é um navio que escondia em seus porões um segredo sombrio e que estava á procura de algo.

        Atracou no porto de Chipre e ficou a espera, estava procurando por alguém, melhor dizendo de certo capitão!

        Mas, qual segredo esconde-se nas paredes daquele navio e de sua tripulação?

        Homens estranhos e bizarros, mas todo o cuidado é pouco, pois a passagem pode ser só de ida... (Conto imperdível)

 

 

 

12º conto é de Akoben “Noite sem Lua”.

         Essa é uma estória entre o bem e o mal!

        Muitas vezes as pessoas se deparam e convivem com alguém que se pensa que conhece, mas é mero engano.

        A noite é fria e sem luar. O eclipse trouxe revelações, basta entender que caminho seguir!(Conto maravilhoso)

 

 

 

13º conto é de Ana Carolina Jalles “Sonhos de Almas Sombrias”.

        Uma bela ave sombria e misteriosa pousou no quintal de Cí e a partir de então um sentimento perturbador começou a tomar conta da garota, pois sonhos perturbadores invadiam suas noites.

        Em breve uma decisão Cí deverá tomar, e um demônio uma proposta fará! ( adorei até rimou).

 

 

14º conto é Bruno Bianchi “Irmãs”.

         Esse conto é instigante e com um mau presságio!

        Um homem viúvo se muda com sua filha de seis anos para uma cidade onde acontecimentos estranhos assombram o local.

        Várias crianças da região desapareceram e quando são encontradas trazem marcas estranhas em seus corpos e sua filha a cada dia está se tornando diferente. Algo está acontecendo e ele está a beira da loucura! (esse é muito sinistro)

 

 

 

15º conto é de Caian Marques “Monstro do Espelho”.

        Essa estória revela a eterna busca da identidade, o reconhecimento o lado escuro que se faz presente em cada movimento realizado. Deve-se prestar atenção aos cantos da casa, aos lugares escuros e principalmente, cuidado com os atos eles podem te dar um novo amigo ou o pior inimigo! (amei)

16º conto é de Rüya Majhul “Sussurros do Vento”.

        Esse conto fala da destruição que paira em vários momentos em que a beleza sombria e plácida pode enganar os olhos e esconder assim a real face da dor e da ruína, da morte e do desespero que se esconde entre as águas. Elas estão à espreita para seduzir e alimentar-se de suas presas com o delírio do sangue entre seus dentes! (Recomendadíssimo, surtei!)

 

 

 

 

17º Esse é o segundo conto de Ana Carolina Jalles “Águas (I) Mortais”.

        Dois amigos, Carlos e Rodrigo foram desbravar o Estado do Amazonas e escolheram um local que carregava certos mistérios.

        Eles deveriam ter se interado sobre a região antes de sair pela noite, naquele lugar que não conheciam nada, principalmente as lendas da região.

Deveriam ter tomado cuidado, porque o que eles encontrarão poderá encantar e até levar para um lugar sem volta, pois no fundo das águas do rio amazonas grandes segredos são guardados, bastava eles terem perguntado para os ribeirinhos! (aplausos)

 

 

 

18º conto de Raphael Miguel “O Bruxo Azul e o Espírito Indomável”.

        Esse conto nos mostra até onde a ânsia pelo poder pode levar um ser humano.

        Rodher, um rapaz de aparência exótica que era aspirante da Ordem dos Segredos do Reino de Agat.

        Desde cedo ele demonstrou grande habilidade nos assuntos secretos o que chamava atenção dos mais sábios do reino, só que ele almejava mais, ele queria o poder supremo e não descansaria até atingir seu objetivo.

        E foi buscar na magia negra o que queria ser, “O maior mago das trevas” que alguém tivesse ouvido falar.

        Mas, será que ele conseguirá?

        Se conseguir, qual será o preço a pagar?

        Será que o poder não tem limites? (delicia de conto)

 

 

Nesse livro encontramos contos saborosos.

As estórias são muito bem amarradas, dinâmicas, cheias de escuridão e umidade. Passei horas maravilhadas lendo esse livro.

Alguns gostei mais que outros. A diagramação é simples e bonita. Acredito que cada conto mereça um livro dedicado para a estória e dá para perceber que renderia muito mais do que foi oferecido. Parabenizo a Editora Wish que acreditou nesses autores e que fizeram um ótimo trabalho!

Espero mais estórias de vocês.

Quero agradecer minha parceira Martha Ricas por ter me proporcionado a leitura dessa obra e dizer que o conto dela “O Anjo e o Leviatã” foi um belo presente para os meus olhos.

 

 

Vamos apoiar os autores nacionais!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019

June 26, 2019

Please reload

Arquivo