As Crônicas dos Leais – Os Guardiões – Livro I do autor Gabriel Mariano

July 3, 2016

As Crônicas dos Leais – Os Guardiões

Autor Gabriel Mariano

Editora Coerência

Pag.224

Ano 2016

ISBN 978-85-92572-02-0

Capa Décio Gomes

Diagramação Acácio Brites

Gênero: Literatura Nacional/Aventura/ Fantasia

 Olá turminha boa de leitura, estou muito feliz por ter lido e feita a resenha desse livro que recebi em parceria com a Editora Coerência que está chegando ao mercado editorial bombando com vários títulos nacionais maravilhosos.

 

Tive o prazer de conhecer pessoalmente o Gabriel Mariano autor do livro no dia do lançamento, passamos um tempo conversando a respeito de como se deu a criação do “As Crônicas dos Leais – Os Guardiões” e acredite ele começou a escrever aos 15 anos e agora teve sua primeira publicação oficial, pois esse livro é conhecido na plataforma Wattpad e em outras também e através disso já conseguiu vender mais de 5 mil exemplares independente. Esse garoto não é fácil, não!

Hoje com 20 anos realizou um dos seus sonhos ver o seu livro publicado e nas mãos de leitores vorazes e muito críticos também.

 

De inicio a capa escura ao fundo uma floresta ardendo em chamas e um cara sinistro em destaque e posso dizer que tem tudo a ver com a estória. Amei!

 

Você provavelmente já ouviu aquela máxima que entre o amor e o ódio persiste um elo, eles andam juntos e que os opostos se atraem. Essas são frases que sempre ouvimos e nessa estória esses sentimentos caminham juntos e através dele uma amizade pode continuar ou dizimar até não sobrar nada a sua volta!

 

Ficou curioso?

Então, me segue!

 

Terra Longa é um mundo mágico que abrigava vários raças  mágicas e que viviam em harmonia até certos seres humanos começaram a habita-lo e transformarem aquele lugar em um mundo de disputas por poder. Para manter a ordem no local, os espíritos  criadores escolheram dois irmãos  que foram retirados do nosso mundo para serem os Guardiões para estabelecer a ordem e proteger os seres mágicos das investidas dos seres humanos, então a cada 50 anos outros dois jovens irmãos eram escolhidos e tomavam o lugar dos anteriores para evitar com que eles se contaminassem com o que acontecia em Terra Longa.

Durante muito tempo a paz foi estabelecida em Terra Longa, mas onde os seres humanos estão a desordem e a ganância toma conta e foi exatamente isso que acometeu os Guardiões ao invés de cumprirem seu papel de zeladores uma disputa de poder começou a consumir os irmãos e um rastro de destruição se estabeleceu naquele lugar e foi nesse momento que um rei cruel e ambicioso tomou Terra Longa e espalhou medo e tirania por todo o lugar e as raças mágicas tornaram-se presas fáceis sendo assim lançados a própria sorte e a magia abandonou aquele local.

Durante muito tempo o caos dominou Terra Longa, até que um dia os espíritos criadores resolveram dar uma segunda chance para o lugar e decidiram que aquela seria a hora de convocar novos guardiões para resgatar a ordem e a harmonia. Só que agora os eleitos seriam diferentes!

 

Daniel e Miguel moram em Itanhaém, litoral de São Paulo, dois jovens de 17 anos que firmaram amizade quando cursavam o ensino médio e desde então eram inseparáveis mesmo tendo características e personalidades semelhantes, eles não eram iguais e estavam sempre juntos, um completava o outro, eram praticamente irmãos. Tudo corria tranquilamente e normal quando inexplicavelmente eles começaram a ler a mente, um do outro. No início tudo era levado na brincadeira e descontração, mas no decorrer do tempo aquilo começou a intriga-los, pois um entrava na mente do outro sem pedir licença, segredos nem pensar, o outro sabia tudo e até palpite em decisões eram sugeridas, até as emoções eram sentidas e compartilhadas e já não bastava a telepatia eles começaram a movimentar objetos. Aquilo tudo incomodava demais Daniel que era inteligente, certinho, metódico e muito dramático. Então ele propôs certos limites para que pudessem ter um pouco de privacidade, mas Miguel era sarcástico, rebelde, inconsequente, corajoso e dono de uma personalidade forte não queria nenhuma regra. A partir deste momento começaram a se distanciar e abalar a amizade que até aquele momento parecia insolúvel. Miguel afastou-se para poder colocar a cabeça no lugar e tentar absorver melhor o que estava acontecendo com eles.

 

Aquela noite seria diferente, pois Miguel já havia percebido que alguém o observava há muito tempo e ele estava ali do outro lado da janela!

Agora ele iria atrás para saber o que ele queria, pois ele tinha certeza que aquele homem encapuzado tinha certa relação com o que estava acontecendo com ele e com o amigo.

 

Assim que Daniel soube do desaparecimento do amigo, tomou coragem e foi a procura dele sem imaginar onde o ato dos dois os levariam e esse seria um lugar diferente e mágico que trará a tona e mostrará que a ligação entre eles é mais fortes do que  imaginam; um elo já estabelecido a muito tempo e que colocará a prova toda a amizade e a lealdade vivida até aquele momento.

 

 

Essa é uma daquelas estórias que falam do poder da amizade, pois quando se tem um irmão necessita-se de união e disciplina e não pensar em si apenas, mas unicamente no bem do outro, pois a paz e a harmonia são reflexos dos atos praticados.

Os amigos não são apenas escolhidos, são sentidos e atraídos por uma força magnética, então somos escolhidos pelo universo e não apenas por nós mesmos. A amizade é inexplicável e por muitas vezes tem que se lutar, pois um dos lados pode estar mais fragilizado que a outra e essa é a hora de pegar na mão e conduzir mesmo que o outro esteja irredutível e não te reconheça.

E saiba, tem que se manter firme e atento para que o inimigo não entre e com ele venha o rastro de guerra e morte!

 

Essa estória é contada por várias vozes, cada um com sua visão dos fatos e isso me agrada bastante, pois assim conseguimos entender todos os lados. Uma diagramação simples e bonita. Um cenário escuro e sufocante. Amei!

Adorei as lutas travadas da estória e também gosto de criar muitas cenas no decorrer da leitura e eu consegui, pois o autor nos dá essa liberdade sem detalhar muitos os fatos, pois quando lemos apreciamos ser dono um pouco das interações dos fatos.

Parabéns Gabriel Mariano, pela condução da aventura que você ofereceu. Entendi o recado da amizade que é latente o tempo todo. E agora me resta aguardar os outros para poder continuar andando em Terra Longa.

 

Recomendadíssimo.

Vamos apoiar a literatura nacional!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019

June 26, 2019

Please reload

Arquivo