Primeiras impressões do livro Dias de Chuva da autora Carolina Mancini

June 2, 2016

Dias de Chuva

Carolina Mancini

Editora Estronho

 

Olá Turminha boa de leitura, recebi da autora Carolina Mancini os 2 primeiros capítulos de seu livro Dias de Chuva para fazer as primeiras impressões dele, então quero partilhar com vocês.

Esses 2 capítulos são saborosos, um cenário em princípio escuro, úmido, tenso e melancólico com doses fortes de tristezas, descaso e desamparo.

Confesso que o tempo todo tive muito desconforto com a estória e isso é Divino!

Eu me senti Júlia e passei a respirar como ela, sentir as mesmas sensações sombrias com toques de desespero, fiquei com dificuldade ao respirar! Carolina Mancini que trama punk é esse?

 

Julia era uma menina de apenas 8 anos, inteligente, magricela e corajosa. Ela era filha do descaso de um pai alcoólatra e jogador, mas ao mesmo tempo tinha uma mãe corajosa e forte e apesar da miséria que os rondava era muito terna com os filhos, pois Julia tinha 2 irmãos. A vida deles era com muito sacrifício e recheada de muita fome e um frio cortante e constante.

 

Na noite que sua mãe foi atrás de seu pai para pegar algo que ela tinha ganhado e ele sem pesar nenhum, levou para a mesa de jogo, foi o momento em que Julia viu pela primeira vez aquele rapaz. Quando seus olhos se cruzaram, algo aconteceu, toda sua vida se descortinou e ele pode ver toda a sua pequena trajetória cheia de angústias, necessidades, medos e algo mais. A partir daquela noite, Andrick, esse era seu nome, faria com que a vida de Julia e de sua família tomasse um rumo diferente e inesperado, pois o rapaz iria aproximar-se, mas o principal era que Julia estivesse bem, pois tudo era para Julia, qualquer coisa para agradar Julia. Mas, por quê? Qual era o real intuito para aquilo tudo? Ele seria um bom samaritano, um lobo em pele de cordeiro ou um bruxo?

O que ele viu através daquela menina que o confundiu tanto? Seria Julia dona de um dom poderoso e inigualável?

E o que Andrick ganharia com isso, o que. Quem ele era realmente?

 

Gostaria de ressaltar que esses são as primeiras impressões de 2 capítulos perturbadores, que fala da generosidade de certas ONGs e seus parceiros.

Pode-se mesmo acreditar em uma bondade da sociedade sem querer nada em troca?

 

Carolina preciso ler todas as 332 páginas desse livro, pois o enredo é desestabilizador e eu quero muito mais. Pirei!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019

June 26, 2019

Please reload

Arquivo