O Edifício da autora Susy Ramone

May 22, 2016

O Edifício

Autora Susy Ramone

Editora Estronho

Pag. 259

Ano: 2016 – 1ª edição

ISBN: 978-85-64590-91-5

Gênero: Literatura Nacional/Terror/ Suspense

Tamanho da Fonte pequena e espaçamentos adequados.

 

Olá turminha boa de leitura, antes de iniciar as minhas impressões, quero agradecer a Susy Ramone a mais metálica das autoras, por oferecer aos amantes de estórias de fantasmas esse livro tão primoroso. Sou sua fã! Hoje quero compartilhar com vocês um dos livros mais difíceis que já tive em minhas mãos para resenhar. Vocês podem estar pensando o por que, não é mesmo?

É que esse é um daqueles livros que tem uma trama tão instigante e assustadora que fica difícil traduzir em palavras. Se você curte uma boa estória de fantasma então, você está convidado a entrar pelas portas desse edifício e descobrir o que os fantasmas querem dizer...

 

Será nos apresentado dois palcos durante o desenrolar da estória: Um em Tatuí, interior de São Paulo e o outro na capital paulista.

 

Todos prontos?

A pergunta é: Você acredita em fantasma?

 

Estamos no final do ano de 1973, em uma chácara na cidade de Tatuí, interior de São Paulo, onde vivia um casal desolado e consumido pela dor, pois seu único filho Wagner, havia morrido vitima de um acidente doméstico e para Waldemar, o pai, aquele lugar não o cabia mais e o seu maior desejo era sair daquele lugar e deixar para trás todas as lembranças dolorosas que sua casa o obrigava a sentir. Waldemar passava os dias afogando sua tragédia no bar da cidade, era como se apenas ele sentisse o vazio e a falta do filho, enquanto isso sua esposa, Luíza se via sozinha tendo de suportar a morte tão prematura do filho e o total abandono que o marido a impunha e cada dia a mesma certeza, de ver seu marido chegando da rua embriagado e ela, sempre lá, desamparada, angustiada e morta por dentro. Ele estava decidido. Sairia daquela chácara e se aventuraria pela capital paulista com a mulher, e como ele estava com a vibração baixa, ele abriu a porta da sua casa e deixou entrar aquilo que transformaria sua pacata vida em um grande e assustador dilema. Um vento frio e tenebroso estava se aproximando em forma de homem. Um homem que não pensaria duas vezes em realizar seu intento, enganar, manipular ludibriar e aproveitar da boa fé de qualquer pessoa. Seu nome, Rogério, codinome, O Pastor!

 

Rogério Veiga era um corretor de imóveis na capital paulista, que estava insatisfeito com a vida que levava e foi apartir de uma venda realizada para uma igreja e descobrir que o dinheiro da compra foi através de doações dos fiéis, que seus planos começaram a tomar forma. Após ler no jornal sobre uma festividade que aconteceria em uma cidade do interior, o golpista já tendo confabulado o seu plano decidiu desembarcar na cidade de Tatuí, para desempenhar seu personagem de “Pastor”.

O dia não poderia ser mais perfeito, pois esse ser inescrupuloso, ganancioso com o intento de ganhar dinheiro fácil enganando pessoas simples e de muita fé, se deparou com Waldemar e após saber de sua dor, usou de sua fala mansa e de toda sua sedução para adentrar na vida dele e de sua esposa. Ele irá instaurar um total colapso na vida do casal, pois sabendo do desejo de Waldemar querer sair de Tatuí para tentar uma vida nova na capital paulista ele usará de toda a sua habilidade de mau-caratismo para seduzir o homem a trocar sua chácara pelo apartamento dele, no edifício Copan em São Paulo.

O que Rogério não contava era que Luiza a esposa de Waldemar não queria sair da sua casa, então com toda sua fala mansa e se intitulando um enviado de Deus conseguiu enganar o coração de mãe de Luiza, usando de sua mente doentia instigou aquela mulher a fazer uma coisa horrorosa.

Após essa outra tragédia na vida de Waldemar ele troca sua chácara pelo apartamento de Rogério.

 

Para Rogério tudo está perfeito mora na chácara, faz pregações aos moradores é amado e respeitado por todos. Sua mente é tão doentia que ele passa a acreditar em suas próprias mentiras achando que realmente ele é um enviado de Deus. Acontece que sua paz está com os dias contados. Ele passa a ser visitado frequentemente pelo filho morto de Waldemar e apartir daí sua vida se tornará um inferno!

 

Na capital paulista a vida de Waldemar começa a entrar nos eixos, pois Anita sua vizinha, consegue um emprego para ele no mesmo edifício em que ela trabalha O Edifício Joelma!

 Acontece que Waldemar em sua casa começou a ter visões com sua esposa e muitas vezes ele não sabia se era sonho ou se realmente ela estava lá!

 Essas aparições tinha um sentido, ela estava mandando um recado, que ele não conseguia entender, o que era e o por que?

Mas, esse não era o único fantasma que se aproximou dele, pois o edifício em que ele trabalhava, carregava consigo uma história trágica e sinistra, conhecida como O Crime do Poço. Todos os dias, no mesmo local e na mesma hora 4 fantasmas apareciam, não falavam nada, apenas ficavam por um breve momento e desapareciam.

 

Queria esses fantasmas falar alguma coisa? Qual a ligação que Waldemar tinha com os fantasmas?

 

Bora comprar esse livro minha gente, é muito bom!

 

 

A capa é assustadora, já mostrando o que eu iria encontrar durante a minha leitura, e isso me deixou muito curiosa e com uma promessa de que eu não iria me arrepender, pois o trabalho do Eduardo Monteiro (capista) foi muito bem elaborado apresentando todo o sentimento esperado.  Tenho que comentar sobre o olhar da criança na capa: É assustador. Horripilante! A contracapa tem uma ilustração maravilhosa de chamas. Uma diagramação bem simples com uma fonte pequena pode ser pelo formato do livro, cansou um pouco a vista, mas nada conseguiu tirar o meu foco da trama.

Essa é uma obra narrada na 3ª pessoa, um enredo envolvente, onde os personagens me prenderam não conseguia parar de ler. A cada página eu tinha misturas de sentimentos, raiva, agonia, piedade, medo, revolta, desprezo e calafrio de tão envolvida que fiquei com essa trama.

A linguagem é muito leve, de fácil compreensão e muito intenso, muito bem elaborado e desenvolvido é impossível parar de ler. Eu como uma fã de filmes e contos de terror, posso dizer que Susy Ramone foi fundo em sua pesquisa (alguns fatos reais) muito rica com elementos ótimos. Nessa trama toda eu simplesmente fiquei boquiaberta com uma revelação....

Um final surpreendente magnífico!

Essa é uma daquelas estórias que nos põe em estado de reflexão:

Até que ponto a ganância é capaz de destruir tudo?

Por que o desespero nos deixa tão vulnerável?

Os fins justificam os meios?

Pense nisso!

 

Susy Ramone eu me pergunto a todo instante: Em que lugar eu estava que não tinha até então lido suas obras?

O que posso dizer é que existe o leitor antes e depois de ter lido Susy Ramone. E eu, sou uma dessas!

Apesar de estar na metade do ano, posso afirmar que ele já vai ficar na minha lista dos melhores do ano!

 

Livro Recomendadíssimo!

 

Vamos apoiar a leitura nacional, é isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Please reload

Posts Em Destaque

Horror na Colina de Darrington

November 5, 2019

1/10
Please reload

Posts Recentes

August 27, 2019

July 24, 2019

June 26, 2019

Please reload

Arquivo