QUOTE!

2.jpg


 

     Olá turminha boa de leitura, hoje vou apresentar o quote de um maravilhoso enredo distópico escrito pela autora Rita Fiacadori, publicado pela Editora Coerência, “Castelo de Cartas - O Despertar”. Logo menos apresento minha opinião sobre o enredo.

[Empertigo-me no lugar, sabendo que o discurso está se encaminhando para um terreno perigoso e percebo intenções obscuras por trás de suas palavras. Tenho muito respeito pela figura a minha frente, ele é meu rei, fui treinada a defender-lhe a vida com a minha própria se preciso fosse, porém tenho a impressão de que sua voz tende a me diminuir de alguma forma].

Sinopse:

Estela é uma jovem de 17 anos que vive num mundo pós terceira guerra, o homem detonou bombas nucleares e a América do Norte se tornou um lugar inabitável, a reduzida população mundial se reagrupou em países onde passaram a viver pessoas que vieram de todas as regiões do Planeta.

Séculos se passaram e grandes líderes formaram novamente grandes países, como aconteceu na Idade Média, porém o mundo já não é o mesmo, há muita tecnologia. O país chamado Avórdia onde a nossa heroína, Estela, vive, ocupa parte da Europa e parte da Ásia. Ela foi treinada desde cedo nas lutas e nas armas para ocupar um lugar junto aos soldados da realeza. Os conselheiros do Rei e sua guarda pessoal habitam o castelo que tem toda a estrutura necessária para dar a eles o melhor. Ela é filha do General Tomas e de umas das conselheiras do Rei, Sarah.

Estela acredita na bondade e na vontade do Rei em fazer do seu país um lugar tranquilo, seguro e cheio de oportunidades. Ela só não sabia que isso não é a absoluta verdade, vive numa redoma, mas esse castelo de cartas está para ruir.

Estela foi treinada desde os 12 anos por um dos líderes da Tríade, o Capitão Mike, ele nutre por ela um sentimento arrebatador, assim como filho do Rei, o Imperador Regente Zacarias. Mais uma crise que nossa protagonista passa a enfrentar.

Téo está presa numa teia de acontecimentos ao descobrir que cumpriria uma missão considerada suicida. Porém, defender o povo nômade seria assinar sua sentença de morte e ultrajar a honra de seus pais. O que ela escolherá: a verdade ou a desonra? E qual seria a verdade? Será que nossa heroína conseguirá vencer todos os seus medos e transpor tantos obstáculos ou sucumbirá tentando?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Para adquirir:

Loja integrada da Editora:

https://ed-coerencia.lojaintegrada.com.br/castelo-de-cartas

@editoracoerencia

 

Para conhecer a autora:

https://www.facebook.com/rfiacadori

 

@ritafiacadori

 

 

DIGA, SIM PARA A LITERATURA BRASILEIRA!

 

É isso, beijos e tchau!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quote.jpg
  • All Souls Night
  • -
  • Loreena McKennitt
00:00 / 00:00

@2016. Todos os direitos reservados a euleiosimedai.com.br