• Cláudia

O Enterro dos Ossos


Olá turminha boa de leitura, hoje vou comentar sobre o livro “O Enterro dos Ossos”, da autora Renata Maggessi, pela Editora Coerência. Eu já tive a oportunidade de ler em algumas antologias certos contos da autora e adorei sua escrita, então, depois de um tempo ela resolveu nos brindar com uma estória digna de uma filme policial cheio de suspense, mortes, dúvidas, desconfianças e regado a muito mistério. Um grande quebra-cabeça.

Esse enredo é maravilhosamente instigante com uma trama rica em detalhes, nos revelando que por baixo de certos tapetes escondesse o pior que se pode imaginar sobre a crueldade humana e que a maldade caminha e ultrapassa barreiras e décadas!

A Perversidade deixa um rastro contagioso e também pode-se dizer que em determinados casos pode carregar uma carga de herança genética. Deve-se estar atento pois, por trás de sorrisos e posições sociais o mal está ali, guardado, preservado e escondido dos olhos dos incautos.

Você, leitor será convidado a conhecer uma mente doentia que carrega um transtorno psicológico que acredita e preza pela perfeição estética. Nada pode estar fora do lugar, pois a simetria será levada até as últimas consequências.

Tente desvendar o que passa na cabeça de um Serial Killer, mas, observe com cuidado cada passo dado, pois aparentemente pode-se parecer normal, mas por baixo da máscara está sua verdadeira identidade secreta e maligna. Isso é assustador!

A imperfeição nesse caso será tratado como uma maldição por seu executor, tratando de ceifar do cenário da vida aquelas que ele julga estarem fora do padrão.

Em uma pessoa insana existe uma sombra pegajosa e que ao invés de um coração, perpetua um buraco negro que aflora a agressividade e a falha para entender limites.

Assassinatos irão acontecer e os ossos da primeira vítima serão encontrados no ano de 1981 e após 28 anos, um outro corpo feminino será encontrado por jovens que estavam caminhando na praia. A partir de então uma onda de assassinatos irá mexer com o cenário policial, mas o que intriga tanto os investigadores como as outras pessoas envolvidas era que as vítimas eram mulheres, bonitas, que tinham tido relações sexuais antes e que havia incisões em certas partes do corpo como se o assassino tentasse concertar algo que não estava perfeito ao seu olhar. A simetria era a ponta de tudo.

Em todo o desenrolar será colocado na mesa problemas familiares oriundo dos personagens que como uma teia se ligam a cada passo da trajetória.

Comentando…

Essa, com certeza é uma grande obra literária, onde a autora Renata Maggessi inunda o leitor com o melhor que se pode esperar de uma trama. Narrada em terceira pessoa, muito bem elaborada e amarrada com doses de violência, investigação e ação no ponto certo. Gostei muito da forma como foi construído todo o cenário e seus personagens.

O enredo prendeu minha atenção o tempo todo, a Renata escreve de forma ágil e não tem muita enrolação, portanto ela não deixa o assassino escondido ele é apresentado em pouco tempo e isso é maravilhoso, pois assim podemos analisar melhor seu comportamento e onde as pessoas a volta estão falhando.

Ela usou com muita propriedade e profundidade o tema escolhido. Na verdade ao terminar de ler fiquei esgotada psicologicamente pelo desenrolar dos acontecimentos. Uma leitura impregnante que me devorou a cada página, sim, o livro me devorou.

Obrigada, Renata por essa obra. Enterro dos Ossos será muito falado por mim.

A capa do livro já nos apresenta o que encontrar no decorrer da trama. Uma diagramação perfeita.

Recomendo!

Informações adicionais do livro

O Enterro dos Ossos

Autora: Renata Maggessi

Editora Coerência

Pag. 246

Ano: 2018 – 1ª edição

ISBN: 978-85-5327-072-9

Capa: Décio Gomes

Diagramação: Fabiana Mattos Burilli

Revisão: Talita Paes

Gênero: Literatura Brasileira/ Suspense / Ficção Policial

Tamanho da Fonte: Boa com espaçamentos adequados.

Diga Sim a Literatura Brasileira!

É isso, beijos e tchau!

#Simetria #Suspense #Assassinatos

  • All Souls Night
  • -
  • Loreena McKennitt
00:00 / 00:00

@2016. Todos os direitos reservados a euleiosimedai.com.br