• Cláudia

[Primeiras impressões do livro “Helloween – Histórias ao Redor da Fogueira”, Editora Coerência].


Olá turminha boa de leitura, hoje vou apresentar as primeiras impressões de quatro contos que estão presentes na nova antologia da Editora Coerência “Helloween – Histórias ao Redor da Fogueira” que terá seu lançamento dia 27 de outubro ás 19:00 horas na Livraria Cultura no Conjunto Nacional da Avenida Paulista. O tema central como o próprio nome da antologia apresenta são lendas assombrosas que são impregnadas de mistérios e horror, então, 10 autores se reuniram em volta de uma fogueira para contar os mais assustadores contos que rondam a curiosidade dos adoradores do terror.

Agora, vamos de sinopse:

Nós nos assustamos desde a noite dos tempos. Desde que, à deriva em um mundo feroz, nossos ancestrais paleolíticos buscavam explicar aquilo que não compreendiam. As tempestades e os trovões, o fogo, as bestas; um vasto território de mistérios já inspirava as mais delirantes histórias. Sussurradas ao redor da fogueira, elas amedrontavam, arrepiavam e acima de tudo fascinavam.

Milhares de anos depois, o fascínio continua o mesmo. Já não nos reunimos ao redor de fogueiras com a mesma frequência, mas continuamos atentos ao sussurro do desconhecido.

Sobretudo nos festejos em que a razão não é bem-vinda; nas celebrações em que os séculos de progresso cedem lugar ao prazer primevo de aterrorizar. E o Halloween é uma dessas ocasiões. Afinal, cultuar os mortos também significa retroceder no tempo.

Por isso, a editora Coerência convida você a uma celebração à moda antiga. Neste ano, deixe os doces e as travessuras de lado para acomodar-se diante da fogueira. Só pense bem antes de abrir este livro, porque ele traz horrores muito piores do que tempestades, trovões ou animais.

Como falei anteriormente, são 10 contos, mas apenas fiz as primeiras impressões de 04 contos.

Com um clima perturbador e assustador esses contos sombrios transportam a alma a uma total escuridão de sentidos e pavor. Ultrapassar a porta do desconhecido é apenas uma questão de escolha.

Agora, vamos conhecer os contos...

O Baile de Halloween, por

Soraya Abuchaim

Aquele poderia ser mais uma noite de uma festa que está se tornando corriqueira no Brasil, a Festa do Halloween. Todos se preparando com suas melhores fantasias para aquele momento regado a terror e muitos risos. Mas algo de muito estranho e medonho irá surgir e levar o caos e mortes para aquelas inocentes crianças. Apenas uma criança se salvaria daquele massacre escolar doentio, Gabriela. Mas se prestarem bem atenção em seus olhos está gravado a angustia e o medo de seus colegas. Pobre Gabriela, filha de um milagre agora, mas... por que apenas ela ficou ilesa? (Mistério total. Amei)

Ele aparece de noite, por

Glau Kemp

Para muitos o dia 31 de outubro é mais um como outro dia qualquer, mas superstições acompanham as pessoas por vários lugares e deixam esse dia envolto em um ar sinistro e misterioso, onde o mal levanta e caça suas presas. Pobre Marcela, fugiu de casa na esperança de encontrar um lugar melhor para ficar, junto talvez de seu pai, sua mãe ficou para trás sem saber ao certo para onde teria ido sua filha. Pegar carona pode ser perigoso e foi exatamente isso que a garota fez, sem saber que o mal tem seus enviados e ela sentirá na carne que faria parte de uma noite cruel e alucinante, onde o terror a perseguirá e a única coisa que ela terá que fazer é....fugir, pois a caça se iniciará. Ele aparecerá e nesse momento ela aprenderá a rezar novamente, mas não seria esse um momento perdido? (Apavorante. Adorei)

MILHO, por

Aislan Coulter

Aquele era um lugar maldito onde a conjuração do demônio tinha sido feita. O que poderia ser apenas um passeio divertido para os quatro jovens iria ser na verdade uma corrida contra a morte. Eles deveriam ter ouvido o mecânico daquela cidade esquecida, Denis Mosca, e voltarem para casa, mas a petulância e a descrença no que os mais velhos falam fariam eles se arrependerem. Era só ficarem na estrada e retornar, mas como o velho Denis disse, O milharal era traiçoeiro e os enganaria. Ele sairia de seu lugar e mostraria que certas lendas existem e que morrer poderia ser melhor que ser aprisionado em sua própria desobediência! (Esse me lembrou um filme. Gostei demais)

Sob o Olhar dos Anjos, por

Décio Gomes

Algo de estranho e sinistro estava acontecendo naquela pacata cidade. Antes um lugar bucólico, cheio de alegria que recebia vários turistas para a grande comemoração do “Dia de Todos os Santos”, mas a algum tempo uma cortina de morte e tristeza abalava as famílias daquele lugar. As crianças recém-nascidas estavam morrendo inexplicavelmente e seus túmulos estavam sendo violados. Uma das únicas casas que ainda existiam a alegria de ter em seu seio a luz infantil era a casa do delegado da cidade. Acontece que naquele noite de festejo, o mal irá sair das entranhas da terra e a inocência será o condutor para que a podridão do submundo surja! (Esse conto é medonho. Maravilhoso)

Agora...

Essa foi uma pequena amostra do que está por vir. A minha sensação ao ler os contos é a melhor possível e aguardo ansiosa para desfrutar em breve do livro em sua totalidade. Deixarei aqui registrado o nome de todos os autores que fazem parte da antologia por ordem alfabética: Aislan Coulter, Claudia Lemes, Décio Gomes, Glau Kemp, Karen Alvares, Marcelo Milici, Renata Maggessi, Soraya Abuchaim, Raphael Miguel e Vitor Abdala.

Agora só me resta aguardar!

Digam, sim para a literatura brasileira!

É isso, beijos e tchau!

#Contos #Antologia #Terror

0 views
  • All Souls Night
  • -
  • Loreena McKennitt
00:00 / 00:00

@2016. Todos os direitos reservados a euleiosimedai.com.br