• Cláudia

Lobos – Falsos Cordeiros...


Lobos – Falsos Cordeiros...

Autora Gisele G. Garcia

Editora Tribo das Letras

Pag. 204

Ano: 2016 – 1ª edição

ISBN: 978-85-5560-015-9

Capa e Diagramação: Gisele G. Garcia

Revisão: Angie Stanley

Gênero: Literatura Nacional/ Romance Cristão

Tamanho da Fonte: Boa com espaçamentos adequados.

Olá turminha boa de leitura, esse livro tem um sabor diferente, pois tive o prazer em ser uma das betas e isso me deixou muito feliz, então quero agradecer a Gisele pelo carinho e confiança. É um prazer estar com esse livro em mãos e ter acompanhado o novo estilo literário da autora. Acompanhei suas outras obras e esse é tão bom e especial quanto os outros, claro, estilos distintos, mas com as mesmas características na escrita.

Quantas vezes nos deparamos em nossas vidas com cordeiros calmos, lindos e sedutores que nos aprisionam com seu sorriso encantador e enganador e quando conseguimos perceber já estamos no meio do atoleiro quase impossível de sair. Aquele ser dócil te eleva, te cega e consegue com que você o siga...então é aí que você conhece sua verdadeira face. Nesse momento você compreende que a joia era apenas vidro, sem nenhum valor. Agora você está aprisionada e acuada... você está no meio de lobos!

A ambição era o grande inimigo de Daniele, ela nunca se contentou com pouco. Em seu quarto ela sonhava em ter sucesso, uma vida regada a luxo e glamour não se importa em pisar nos outros para alcançar os seus objetivos. Ela tinha fé apenas no poder!

Só que sua realidade era completamente diferente.

Sua mãe, Vitória, invejava a vida que sua amiga e patroa Yasmim tinha com o marido e não suportava mais a vida simples que levava com as filhas e o marido, tudo aquilo que antes era encanto com a família se tornou cansativo e pouco atrativo. Ela queria mais e aceitou a condição de traidora dos sentimentos alheios. Só percebeu no buraco negro em que se meteu quando era tarde demais. Ela mesma traçou para si um fim impiedoso e se viu emaranhada em uma teia e deixou-se, sem saber, entrar por uma porta que selaria seu miserável destino, além das drogas o que sucumbiu a sua vida foi o remorso!

Vitória faleceu e deixou à responsabilidade da criação de suas filhas, Luiza e Daniele para Evandro, seu marido.

Evandro era um homem honesto e muito esforçado e foi assim, em condições simples que criou suas duas filhas. Luiza era a mais velha, sempre otimista e carinhosa ajudava o pai nos cuidados com Daniele que nunca gostou e nem se conformou em ser pobre e de uma coisa ela sabia, era que independente da forma que fosse ela iria vencer na vida e deixaria para trás aquela vida sem graça e enfadonha.

Mas, não demoraria em entender que nem tudo que reluz é ouro e que existem caminhos que se apresentam curtos e fáceis de caminhar, mas no decorrer do caminho encontrará um grande obstáculo... a verdade!

Quando Daniele viu Vitor Guimarães um empresário de sucesso do ramo farmacêutico e um dos maiores Filantropos do Brasil, não podia imaginar que sua vida daria uma grande guinada.

Acontece que a vida costuma pregar peças e foi assim, que a jovem garota começaria a conhecer um mundo de festas e coquetéis maravilhosos, mas ela poderia estar indo por um caminho doloroso de uma triste realidade que o mal não tem face ele se esconde em muitas boas intenções, pois ele te ludibria, engana, alicia e então...te domina!

Mas, no decorrer de seu caminho Daniele encontrará mãos visíveis e invisíveis dispostas a reerguê-la e nesse momento ela conhecerá os “Instrumentos de Deus”, e será através deles que ela sentirá e vivência do que a fé pode fazer por aqueles que acreditam e a praticam.

“Ter fé não é achar que Deus fará o que eu quero, mas ter a certeza de que Deus fará por mim tudo o que preciso”.

Conheça a história de Daniele que pode provavelmente ser alguém que você conhece e está indo por esse caminho e que em um momento ela teve uma única escolha e esta pode destruir ou salvar sua vida.

Agora vou falar:

Uma trama envolvente, emocionante e visceral narrada em terceira pessoa que nos apresenta a ilusão e a vaidade que ao prender os seres iludidos mostram a sua verdadeira face, a discórdia.

A carta de Daniele logo no inicio é profunda, dolorosa e reveladora. Ela despiu-se em suas revelações. Lindo!

Acredito que o brilho da ganância e do status ofuscaram suas vistas. Cheguei a sentir angustia por ela. Consegui sentir a agonia, o desespero, frustração e até o sabor amargo das lágrimas simplesmente doloroso e revelador. Os personagens são bem construídos e amarrados. A estória faz abordagens atuais o perigoso mundo envolvente e sedutor das drogas, a escravidão e o tráfico sexual de mulheres vaidosas, indefesas e por muitas vezes ingênuas, que tem um único foco, o poder e a ganância, pois muitas pessoas acreditam que tudo que reluz é ouro e na verdade, trata-se de um mero engano!

Esse enredo simplesmente me fez participar de cada fase da vida da protagonista Daniele e dos outros personagens e o desenrolar da trama foi sensacional. A cada página uma esperança. Essa é uma estória que mexe bastante com o modo de encararmos a vida fazendo com que entremos na vida de cada personagem e demos nossa opinião, nossa força e também nossa compreensão frente ao engano daquele que se faz cego quando se encanta com o perigo.

Uma estória bem construída. A capa é muito bem feita nos transportando para dentro do enredo, com um ótimo cenário e diagramação perfeita.

Nessa trama pude observar e sentir o que o lado mais obscuro da vaidade e do poder pode fazer com uma pessoa a decadência por puro capricho. Essa estória é um convite para a reflexão e que muitas vezes a própria sociedade nos cobra uma posição de destaque para sermos vistos e apreciados e quando o exagero descontrolado acontece à derrocada pode acontecer, mas também pode nos apresentar o amor vindo e nos convidando para a grande e maravilhosa jornada da grande “Salvação”!

Nós temos dois caminhos a seguir: Podemos aprender com amor, se não, iremos aprender com a dor e esse é o caminho muitas vezes mais bonito e enganador e foi exatamente isso que aconteceu com a nossa protagonista. Temos sempre que tirarmos força e seguir o exemplo da Fênix, ser decidida e ressurgir das cinzas. Sairemos com o corpo sujo, mas a alma estará repleta e límpida como a água que sai de sua nascente!

Parabéns, Gisele pelo amor empregado nesse lindo trabalho que nos apresentou a outra forma de sua escrita vigorosa, verdadeira e sensível.

Fiquei encantada com esse enredo, cheio de altos e baixos dos personagens, com detalhes necessários no decorrer da estória sem ser tedioso. Na medida certa!

Recomendadíssimo

DIGA, SIM PARA A LITERATURA NACIONAL!

É isso, beijos e tchau!

#Vaidade #Superação #Falsidade

  • All Souls Night
  • -
  • Loreena McKennitt
00:00 / 00:00

@2016. Todos os direitos reservados a euleiosimedai.com.br